Melodia Web
Rádio Melodia Web - www.melodiaweb.com - São José do Rio Preto - SP - Brasil
quinta-feira, 19 de setembro de 2019
Ouça a MelodiaWeb
Página inicial Ouça música de qualidade pela Internet

Ouça a MelodiaWeb Este site possui uma rádio web que prioriza música italiana, MPB, clássica, tango, bolero, instrumental, esperanto, etc.
Clique na imagem ao lado para ouvir
Ouça a MelodiaWeb
Internet
Diminui o tamanho da fonte Aumentar o tamanho da fonte
COMO A LEI AZEREDO PÕE AS LIBERDADES INDIVIDUAIS EM RISCO
Vermelho/Por Pedro Doria, segunda-feira, 25 de maio de 2009
COMO A LEI AZEREDO PÕE AS LIBERDADES INDIVIDUAIS EM RISCO
Neste momento, dois grupos de acadêmicos trabalham num projeto de lei alternativo para crimes de informática. Enquanto isso, tramita no Congresso o PL 84-99 original, que fez fama como Lei Azeredo ou, como a apelidou um grupo de militantes, AI-5 Digital.

Os especialistas trabalham no texto alternativo são da Fundação Getúlio Vargas do Rio e da Escola de Artes, Ciências e Humanidades, da USP. Há vários trechos polêmicos na lei que pretende definir os crimes e as punições na era digital. O mais polêmico é o artigo 22, que obriga provedores a armazenar os logs de acesso de usuários por três anos.

Conversei por Skype com Ronaldo Lemos, da FGV-Rio, um dos maiores especialistas em Direito digital do Brasil. Numa discussão marcada por extremos, Ronaldo é um moderado. E se às vezes parece que os críticos da lei estão na esquerda, é engano. O projeto atenta contra as liberdades individuais e arrisca a criação de um Estado de vigilantismo que ofende os valores de qualquer liberal.

Diz o artigo 22: "O responsável pelo provimento de acesso à rede de computadores, comercial ou do setor público é obrigado a manter em ambiente controlado e de segurança, pelo prazo de três anos, com o objetivo de provimento de investigação pública formalizada, os dados de endereçamento eletrônico da origem, hora, data e a referência GMT da conexão efetuada por meio de rede de computadores e fornecê-los exclusivamente à autoridade investigatória mediante prévia requisição judicial."

Há três argumentos contra o texto: não há precedentes no mundo é tão aberto que concede poderes demais ao Estado ferindo direitos constitucionais básicos e impõe um custo muito alto.

"Dados de endereçamento eletrônico" não quer dizer nada. Se o texto se refere ao endereço IP, provedores podem guardá-los por 10 anos que não serão úteis. São números. Para que sejam úteis, além do tal endereçamento, é preciso saber quem estava ligado ao IP naquela hora.

A vaguidão vai além. Provedor de acesso à rede de computadores não é mais só quem liga computadores à internet. As operadoras de celular seguem na lista. E como não está claro que dados de endereçamento eletrônico são estes, as telefônicas talvez se vejam obrigadas a armazenar seus registros, como a localização física localização física de seus clientes. Seremos rastreados.

Thomas Jefferson, autor da Declaração de Independência dos EUA, estaria de cabelos em pé. Talvez nem tanto. Afinal, Jefferson pensou as leis dos EUA, não as do Brasil. Nos EUA, o Estado não obriga provedores a armazenar logs. Alguns países da Europa obrigam - por seis meses. Azeredo argumenta que o projeto adequa o Brasil à Convenção Internacional de Budapeste para Cibercrimes, que o País não assinou e que exige que logs sejam guardados por 90 dias.

É uma lei sem precedentes. Arrisca as liberdades individuais e o direito de ir e vir sem ser observado. Por fim, o custo. A armazenagem em "ambiente controlado e de segurança" é caro, e o cibercafé da esquina talvez não tenha como pagar. Seria um custo do Estado. O contribuinte vai adorar saber.
Ouça a MelodiaWeb Este site possui uma rádio web que prioriza música italiana, MPB, clássica, tango, bolero, instrumental, esperanto, etc.
Clique na imagem ao lado para ouvir
Ouça a MelodiaWeb
Veja também
(28/11/2016) Tecnologia Connected Cars
(21/04/2016) Vai dar briga! Governo critica Anatel e vai exigir internet ilimitada
(28/06/2014) Players em flash aacplus para site e blogs. Gratuitos
(30/09/2013) Mídias Censuradas pelo Facebook
(30/01/2013) Internet é a mídia de maior crescimento publicitário no mundo
(17/01/2013) Tendências das redes sociais e Smartphones em 2013
(14/01/2013) E as rádios via internet, ameaçam o formato convencional?
(29/07/2012) Pedido de socorro via twitter funciona em tempo real
(05/07/2012) Conselho de Direitos Humanos apoia a liberdade na internet
(29/03/2012) Redes sociais são mais perigosas do que sites pornográficos, afirma pesquisa
(28/03/2012) Aplicativo permite adicionar 'inimigos' no Facebook
(10/03/2012) Publicidade na Internet brasileira só perderá para a TV aberta em 2015
(30/01/2012) PUBLICIDADE NA INTERNET JÁ SUPERA MÍDIA CONVENCIONAL
(29/01/2012) Após derrubar Megaupload, FBI quer dominar Facebook
(29/01/2012) As 10 coisas mais irritantes do Facebook


Veja todo conteúdo desta categoria
Ouça a Rádio do coração
© 2019 Rádio Melodia. Todos os direitos reservados.
Design: Win Multimídia - Desenvolvimento:Adriel Menezes