Melodia Web
Rádio Melodia Web - www.melodiaweb.com - São José do Rio Preto - SP - Brasil
quarta-feira, 21 de agosto de 2019
Ouça a MelodiaWeb
Página inicial Ouça música de qualidade pela Internet

Ouça a MelodiaWeb Este site possui uma rádio web que prioriza música italiana, MPB, clássica, tango, bolero, instrumental, esperanto, etc.
Clique na imagem ao lado para ouvir
Ouça a MelodiaWeb
Notícias
Diminui o tamanho da fonte Aumentar o tamanho da fonte
NOVAS MÍDIAS DERRUBAM O "FANTÁSTICO"
AUDREY FURLANETO/RODRIGO RUSSO/Folha de S.Paulo, domingo, 1 de novembro de 2009
NOVAS MÍDIAS DERRUBAM O "FANTÁSTICO"

Há 36 anos como principal atração de domingo da Globo, o "Fantástico" registrou as piores médias de audiência de sua história neste ano. No último domingo, chegou a 17,6 pontos de média na Grande São Paulo, abaixo de outro momento crítico, quando fez 17,8 na estreia do reality show "Casa dos Artistas", do SBT, em 2001. Também é de 2009, no início de outubro, sua terceira pior marca, de 18,1 pontos de média.


A queda no Ibope do programa da Globo acontece em momento em que os concorrentes pulverizaram a audiência entre 20h e meia-noite de domingo.


A Record tem média de 13,1 pontos, o que lhe dá o segundo lugar com o "Programa do Gugu", que estreou em 30 de agosto. Já o SBT, que ocupa parte do horário com o "Programa Silvio Santos", tem 9,8 pontos. A Rede TV!, com o "Pânico na TV!" das 21h às 23h30, faz 8,6 pontos.


A baixa no Ibope significa que o formato de programas como o "Fantástico" esteja em crise? Ou que a concorrência ficou realmente fortalecida?


Eugênio Bucci, professor de jornalismo da ECA-USP (Escola de Comunicação e Artes), levanta a hipótese de que o formato do programa, uma revista semanal eletrônica, generalista, possa estar esgotado.


"Há 30 anos, a TV tinha menos opções, menos canais e menos competição. Ali, essa fórmula de revista não era banal, mas sim interessante", diz Bucci. Com a segmentação, ele acredita que os programas têm de ter nível de especialização. Para ele, pode ser difícil para o público identificar "a cara do 'Fantástico' hoje", enquanto sabe com mais facilidade o que esperar dos concorrentes.


Essa avaliação é similar à de Muniz Sodré, especialista em comunicação e professor da UFRJ (Universidade Federal do Rio). Para Sodré, a queda de audiência do "Fantástico" se deve à "saturação da forma". "O 'Fantástico' fez bem seu papel durante muitos anos, mas tem um momento em que todo formato se satura, como se tivesse dado tudo o que tinha que dar."


Mudança de público


Segundo Sodré, com a internet e a "possibilidade de cada um participar da elaboração da informação", altera-se pouco a pouco a relação segundo a qual um centro irradia notícias e informações e outro só recebe.


"A participação na construção da notícia, pelo comentário nos blogs, por exemplo, obriga uma mídia centralizada, como a TV, a redefinir seus públicos", afirma. "O público amplo de massa dos anos 1970 se constitui em comunidades a partir dos anos 1980. A grande mídia não parece ter notado isso."


Sodré continua: "Não acho que essa pulverização [de audiência] seja eterna, mas agora, em função da internet, estamos vivendo isso".


Marcio Oliveira, vice-presidente da agência de publicidade Lew, Lara, ameniza a situação do programa em relação ao mercado publicitário: "A pior audiência do 'Fantástico' ainda é muito grande", diz. Para ele, o mercado ainda não vê como problema a queda da última semana, mas Oliveira entende como crucial o comportamento da audiência durante a exibição das novas temporadas dos realities "A Fazenda", da Record, e do "BBB", da própria Globo.


"No domingo à noite, as pessoas estão querendo relaxar, não esquentar a cabeça, o que foge do conteúdo sério apresentado pelo programa", opina. Para ele, o "Pânico na TV" ganha força com esse movimento.


Ser "uma pedra no sapato" da Globo é motivo de orgulho para Alan Rapp, diretor do "Pânico", humorístico que nas últimas seis semanas alcançou por alguns minutos (24 no máximo) o primeiro lugar na audiência.


"Há um ano, a gente achava quase impossível ficar em primeiro lugar no horário do 'Fantástico'", diz Rapp.


Homero Salles, diretor do "Programa do Gugu", da Record, vê na distribuição do público a explicação para a perda de liderança do concorrente. "Não acho que devemos considerar apenas a queda do 'Fantástico'. Eu assisto, e acho que está normal. Não tem problema com o programa. Podem estar procurando chifre em cabeça de cavalo", diz.


"Entrou um 'player' novo, que é o Silvio Santos. Veio um reforço para a Record [Gugu] e o 'Pânico' está atravessando fase muito boa. Seria simplista dizer que o 'Fantástico' caiu. Sem querer puxar para o lado do meu programa, creio que os números baixos do 'Fantástico' se devem à ascensão da concorrência. Não é queda de qualidade nem crise de identidade."


O desempenho no Ibope levou o dominical da Globo a formar mutirão de emergência: convocou repórteres e profissionais de jornalismo para produzir conteúdo com assuntos policiais.


Em novos quadros do programa, como "Liga das Mulheres", "Cinco Meninas e um Vestido" e "Reunião de Condomínio", há a tendência de apostar na proximidade com a vida do telespectador. Nos últimos oito domingos, cinco quadros entraram na atração.


A proposta inicial dos criadores do "Fantástico" -- José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, e Walter Clark, responsáveis pelo "padrão Globo de qualidade"-- era mesclar jornalismo e entretenimento.


"Fazíamos musicais bonitos, ousados. O programa tinha bastante liberdade cultural", lembra o cineasta Domingos Oliveira, que dirigiu quadros de sucesso do "Fantástico" nos anos 1970.

Ouça a MelodiaWeb Este site possui uma rádio web que prioriza música italiana, MPB, clássica, tango, bolero, instrumental, esperanto, etc.
Clique na imagem ao lado para ouvir
Ouça a MelodiaWeb
Veja também
(16/03/2019) Ministro da Infraestrutura anuncia concessão de três novas ferrovias
(26/10/2018) Presidente João Figueiredo
(01/01/2015) O Legado de um corredor
(29/12/2014) Maratonista de 103 anos volta à ativa
(29/12/2014) Idosos velozes e furiosos
(31/03/2014) Cancelamento de contratos: Telefonia, banda larga e TV por assinatura
(30/08/2013) Golpe da Vivo móvel e Ace seguradora
(19/06/2013) Protestos indicam que modelo brasileiro chegou ao limite, diz FT
(17/02/2013) Blogueira cubana Yoani Sánchez inicia viagem pelo mundo
(08/02/2013) Descoberta de carne de cavalo em lasanhas da Findus agita Reino Unido
(08/02/2013) Pessoas infelizes assistem mais TV, diz estudo
(02/02/2013) Conservadores lançam alternativa ao Facebook
(23/01/2013) Agulhas contaminadas com HIV!!! Não repasse.
(06/01/2013) 4 técnicas de lavagem cerebral que estão sendo utilizadas em você
(06/01/2013) Programados para morrer, conspiração da indústria


Veja todo conteúdo desta categoria
Ouça a Rádio do coração
© 2019 Rádio Melodia. Todos os direitos reservados.
Design: Win Multimídia - Desenvolvimento:Adriel Menezes