Melodia Web
Rádio Melodia Web - www.melodiaweb.com - São José do Rio Preto - SP - Brasil
domingo, 18 de agosto de 2019
Ouça a MelodiaWeb
Página inicial Ouça música de qualidade pela Internet

Ouça a MelodiaWeb Este site possui uma rádio web que prioriza música italiana, MPB, clássica, tango, bolero, instrumental, esperanto, etc.
Clique na imagem ao lado para ouvir
Ouça a MelodiaWeb
Notícias
Diminui o tamanho da fonte Aumentar o tamanho da fonte
CASAMENTO ENGORDA?
POR KARINA FUSCO, domingo, 19 de julho de 2009
CASAMENTO ENGORDA?

Até pesquisas já comprovaram que depois da união a maioria dos casais engorda. Porém, com cumplicidade, é mais simples ele e ela perderem peso juntos.


Existe um ditado que diz: “Basta casar para engordar”. Na realidade, isso acontece mesmo com muitos casais. Não é regra, é claro, mas é comum ouvirmos histórias de ganho de peso após a união. Até pesquisas feitas ao redor do mundo já comprovaram que os casais engordam, sim, principalmente nos primeiros anos de união.


Segundo o médico especialista em terapia sexual Amaury Mendes Jr, do Rio de Janeiro, RJ, durante a fase inicial do relacionamento, que ele chama de “apaixonamento”, o cérebro produz substâncias químicas responsáveis pela “química do amor”. Para o médico, “o casal fica envolvido, principalmente pela dopamina, que é um dos principais neurohormônios, semelhante à morfina”.


Ele explica que a dopamina é capaz de causar entorpecimento cerebral, provocando saciedade, já que inibe o estímulo da fome. “É como se nos alimentássemos de amor e paixão”, diz.


Além disso, no começo do relacionamento também é comum o casal passar mais tempo fazendo amor, o que emagrece ainda mais. Após o casamento, porém, as pessoas se transferem da fase do “apaixonamento” para a do amor verdadeiro. E aí há grande dedicação ao trabalho e sobra menos tempo para namorar e fazer refeições saudáveis.


“É a época em que o casal começa a trazer para a geladeira aquilo que tinha antes na casa dos pais e sente-se mais à vontade para comer, por exemplo, um sanduíche sentado no sofá, assistindo à televisão”, exemplifica. É então que o casal engorda ou recupera o peso que perdeu no início do namoro.


A euforia afasta a comida


A serenidade do relacionamento (da fase do amor), que é bem diferente da fase da conquista (e da paixão), explica esse comportamento de comer mais, que é tanto químico quanto fisiológico, segundo Amaury Mendes Jr. “A saciedade causada pela dopamina equivale à sensação de ter comido um chocolate”, diz. A explicação científica para isso é que, quando estamos amando, ocorre um aumento das endorfinas no cérebro, o que produz uma euforia traduzida por alegria e bem-estar. “Essa euforia nos afasta da comida”, afirma.


A ocitocina, produzida após o orgasmo e freqüente àquela fase da paixão, leva a um maior envolvimento do casal. “Esse hormônio está sendo estudado como o hormônio da agregação, da fidelidade. Isso porque produz no organismo uma sensação de realização e de completude, diminuindo o apetite”, diz.


Há outro senso comum que diz que a mulher é quem engorda mais depois do casamento. De acordo com a nutricionista Bruna Dinalli, da Clínica Biodiet, de São Paulo, um estudo feito na Universidade de Newcastle, na Inglaterra, mostra que as mulheres engordam, sim, mais e comem de forma menos saudável após a união.


“Os homens, por outro lado, adquirem mais os hábitos saudáveis das mulheres, passam a comer mais frutas, legumes e verduras”, declara. Para a endocrinologista Karla Saggioro, de Curitiba, PR, essa cumplicidade é fundamental para o sucesso do emagrecimento. “É importante que um ajude o outro, por exemplo:


• Não abastecendo a casa com alimentos calóricos;
• Escolhendo restaurantes saudáveis;
• Preparando pratos menos calóricos;
• Praticando e incentivando o outro a fazer atividades físicas; e
• Encontrando outras maneiras de lazer que não a comida”, afirma.


Assim, passadas as fases de adaptação à nova vida, todos podem atingir um patamar de equilíbrio. Juntos, solidários e em harmonia.


Namorar ajuda a gastar calorias


O médico e terapeuta sexual Amaury Mendes Jr. diz que, quanto mais excitação ocorrer, mais suor, pulso acelerado e pressão subindo haverá. “Tudo isso equivale a uma sessão de ginástica de alto impacto, queimando várias calorias. Por isso sentimos sono após o sexo”, diz o especialista. Para ele, o sexo é um estimulante natural da circulação, pois aumenta a quantidade de sangue nas zonas erógenas e dilata artérias durante o orgasmo. “Além disso, causa um bem-estar que estimula o desejo de alcançar objetivos”. E queima calorias. Veja quantas e como: Uma relação sexual de 30minutos queima, em média, 200calorias, o equivalente a meia hora de tênis ou a uma corrida de 1,5 km. Um beijo de língua pode queimar até 30calorias. O médico diz que se por um lado o sexo é benéfico, por outro a pulsão contida e reprimida pelo engordar (como quando a pessoa deixa de fazer sexo por vergonha do corpo) leva a uma série de desordens do comportamento sexual. A ordem é, portanto, transar para não engordar.


Até pesquisas já comprovaram que depois da união a maioria dos casais engorda. Porém, com cumplicidade, é mais simples ele e ela perderem peso juntos

POR KARINA FUSCO


 


Hora de melhorar os hábitos


A nutricionista Bruna Dinalli dá algumas dicas para que os casais que estejam acima do peso e aqueles que não querem engordar mudem alguns hábitos visando perder peso:


• Não deixem a alimentação ser a única fonte de prazer. Tenham um hobby: pintar, dançar, ler, caminhar com o cachorro, estudar.
• Quando forem às compras evitem ir com fome, pois aí comprarão muito mais do que precisam e buscarão mais opções “vistosas” e calóricas.
• Mantenham-se motivados a não engordar. Não é porque se casaram que devem se abandonar e perder a forma. O romance continua!
• Estabeleçam horários para fazer as refeições. Pessoas que não têm disciplina para horários ficam beliscando e substituindo refeições por petiscos.


Caindo na real...


No caso da professora de informática Patrícia Andréo Tognon Miguel, de 24 anos, e do advogado Salim Lamberti Miguel, de 32 anos, de Miguelópolis, SP, isso ocorreu. Quando se casaram, no fim de 2005, Patrícia pesava 67 kg e Salim, 69 kg. “Em um ano de casada cheguei a 83 kg, o que, para 1,59 m de altura é demais. Já meu marido ganhou só 3 kg”, conta. Ao se sentirem mal e desanimados, eles se conscientizaram de que estavam comendo muito errado. Juntos, decidiram virar o jogo. “Iniciamos uma reeducação alimentar, que funcionou bem. “Em sete meses eliminei 15 kg e meu marido, 4 kg. Hoje somos mais felizes e aprendemos a nos alimentar com qualidade e não com quantidade”, revela

Ouça a MelodiaWeb Este site possui uma rádio web que prioriza música italiana, MPB, clássica, tango, bolero, instrumental, esperanto, etc.
Clique na imagem ao lado para ouvir
Ouça a MelodiaWeb
Veja também
(16/03/2019) Ministro da Infraestrutura anuncia concessão de três novas ferrovias
(26/10/2018) Presidente João Figueiredo
(01/01/2015) O Legado de um corredor
(29/12/2014) Maratonista de 103 anos volta à ativa
(29/12/2014) Idosos velozes e furiosos
(31/03/2014) Cancelamento de contratos: Telefonia, banda larga e TV por assinatura
(30/08/2013) Golpe da Vivo móvel e Ace seguradora
(19/06/2013) Protestos indicam que modelo brasileiro chegou ao limite, diz FT
(17/02/2013) Blogueira cubana Yoani Sánchez inicia viagem pelo mundo
(08/02/2013) Descoberta de carne de cavalo em lasanhas da Findus agita Reino Unido
(08/02/2013) Pessoas infelizes assistem mais TV, diz estudo
(02/02/2013) Conservadores lançam alternativa ao Facebook
(23/01/2013) Agulhas contaminadas com HIV!!! Não repasse.
(06/01/2013) 4 técnicas de lavagem cerebral que estão sendo utilizadas em você
(06/01/2013) Programados para morrer, conspiração da indústria


Veja todo conteúdo desta categoria
Ouça a Rádio do coração
© 2019 Rádio Melodia. Todos os direitos reservados.
Design: Win Multimídia - Desenvolvimento:Adriel Menezes